Minha conta : Se registrar

Minhas compras

Vosso carrinho esta vazio.

Andesina

>> Familia(s) : feldspatos, silicatos
Descobrir em foto :

Este feldespato da familia do plagioclase, descoberto em 1841 em Marmato na Colombia, deve seu nome à sua presença abundante nos Andes da America do Sul.
Uma rariedade vermelho-sangue, cuja cor é origem do cobre, foi descoberta em 2002 no Congo na região de Goma. As andesinas verdes, amarelas, bicolores...são também provenientes do Congo.

Local de extração

Encontra-se na Colombia, no Paraguai, no El Salvador, no Japão, na Russia (Sibéria Oriental) e em inumeros locais nos Estados Unidos, no Canada, na Europa. A variedade vermelha provem da Republica Democratica do Congo

Ver las fotos das minas/outras fotos

Utilização em joalheria

Ela se lapida em facetas e é utilizada em bijuterias, em particular as variedades bem coloridas como a andesina do Congo.

Cuidado e precaução no cotidiano

De uma dureza suficiente para a bijuteria, pode ser lavada com agua adicionada de liquido lava-louça e deve ser enxaguada com agua sem calcario, depois alcool.

Gemas aproximativas

cinabra , descloizita , kammererita , labradorita , rubi , turmalina

Litoterapia cultural e historica

As andesinas não eram muito utilizadas em lithoterapia, atualmente a variedade vermelha é testada para certas lithoterapias.

Imitações e tratamentos

As andesinas não são alvo de tratamento térmico e em nossos dias não são imitadas por pedras sintéticas.

Caracteristicas quimicas
(Na,Ca)[(Si,Al)4O8]

aluminio-silicato calco-sodico

Caracteristicas fisicas

Cor principal : rosa

Outras cores : branco, cinza, incolor, amarelo, vermelho, verde

Cor do traço : branco

Brilho : vitreo

Dureza : 6.0 à 6.5

Densidade : 2.65 à 2.70

Clivagem : perfeito

Fratura : irregular

fratura com muito pequenas partes planas

Propriedades oticas

Transparência : transparente, translucido

Refringência : 1.542 - 1.563

Birrefringência : 0.008

Muito fraca, bi eixo +/-

Dublagem : não

Pleocroismo : ausente

Numero de cores : 1

espectro rede andesina vermelha

espectro rede andesina vermelha

Fluorescência : inexistente

Cristais

Bem formados grossos e curtos geminados em cruz

cristaux

Sistema cristalino : triclinico

Outras informações